Vulgar de Lineu

Encyclopedia Botanica.
(fill it yourself - preencha você mesmo)

24.9.05

 

#24


Comments:
Naquele Tempo
Sob o caramanchão de glicínia lilaz
As abelhas e eu
Tontas de perfume
Lá no alto as abelhas
Doiradas e pequenas
Não se ocupavam de mim
Iam de flor em flor
E cá em baixo eu
Sentada no banco de azulejos
Entre penumbra e luz
Flor e perfume
Tão ávida como as abelhas

(Sophia de Mello Breyner Andresen)
 
No Jardim dos Jotas
;-)
 
Muito boas leituras, Sophia de Mello Breyner e o Dias com Árvores.

Aproveito para fazer a apologia do tronco das Glicínias, tão ofuscado que é pelas belas flores e pelas folhas conspícuas. É um dos troncos mais torturados que conheço, e no Inverno (quando se deixa ver) dos mais bonitos, também.

Mais tarde ou mais cedo, alguém tinha que dizer isto.
:-D
 
Enviar um comentário

<< Home

Arquivo

Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Dezembro 2006   Janeiro 2007   Maio 2007   Junho 2007   Julho 2007   Agosto 2007   Setembro 2007   Outubro 2007   Novembro 2007   Dezembro 2007  

E-mail

bandeira(arroba)netcabo.pt

EgoBlogues

  • Bandeira ao Vento
  • Après moi, le déluge
  • Blogues

  • Agrafo
  • A Cidade Surpreendente
  • Green Man
  • Directriz
  • Welcome to Elsinore
  • Alma de Jardineira
  • Um Amador da Natureza
  • Bioterra
  • Blog de Cheiros
  • Dias com Árvores
  • Valkirio
  • Cores da Terra
  • Raquel Alão
  • Do Meu Jardim
  • Bolbos em Flor
  • Diversidades
  • Infinitamente
  • Jardim com Gatos
  • A Sombra Verde
  • Maria Pudim
  • Estrago da Nação
  • Horticultural - Jane Perrone's Organic Gardening Blog
  • A Senhora Sócrates
  • A Carga da Brigada Ligeira
  • Le Jardin de Sophie
  • Lugar do Olhar Feliz
  • Quinta do Sargaçal
  • Terraforma
  • You Grow Girl
  • VALSAQ
  • This page is powered by Blogger. Isn't yours?